Salvador
Publicada em 23 de Agosto de 2020 ás 20:04:24

Dez pessoas já foram à delegacia por descumprirem isolamento nas praias

Foto: Bruno Concha

 Apesar da retomada gradual das atividades, as praias de Salvador continuam com acesso proibido ao público para evitar a aglomeração e a disseminação da Covid-19, medida determinada pelo decreto municipal 32.272/2020. Mesmo assim, dez pessoas já foram encaminhadas à delegacia por descumprirem o isolamento social determinado pela Prefeitura e orientado pelas autoridades sanitárias, colocando em risco a própria vida e a dos demais cidadãos.

 
Para garantir o cumprimento da lei, os agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) já realizaram 165 operações desde março deste ano. As ações, que são reforçadas nos finais de semana, a exemplo deste sábado (22) e domingo (23), envolvem orientações para a população e abordagens aos surfistas no mar.
 
As praias de Itapuã, Piatã, Stella Maris, Rio Vermelho (Buracão), Amaralina, Barra (do Barra Center ao Porto) são as que mais registram circulação de pessoas, principalmente na faixa de areia. Como os registros têm se tornado constantes, a fiscalização foi intensificada através da operação "Tira o Pé da Areia", que conta ainda com a participação de fiscais das secretarias de Ordem Pública (Semop), Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e Transalvador. 
 
Efetivo – Nesse período, o efetivo diário apenas destinado apenas a essa atividade pode chegar a 40 agentes em sábados, domingos e feriados. Os guardas ficam espalhados por toda orla da capital baiana, desde a praia de São Tomé de Paripe até a do Flamengo. Caso seja encontrada alguma pessoa descumprindo o decreto, os profissionais orientam sobre a necessidade de deixar o local.
 
“Entendemos o anseio das pessoas na retomada da vida social, mas ainda precisamos pensar em preservar vidas. Sendo assim, enquanto, for necessário manteremos nossas atividades de fiscalização. Em período de sol, a nossa atenção está ainda redobrada para orientar sobre a importância de cumprir o decreto, em nome da coletividade”, afirma o diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência da Prefeitura, Maurício Lima.
 

Mais Notícias
Empresa de Editorao de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Pass, n 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com